AdSense

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Parque Cidade de Toronto - Zona Norte de Sampa

A cidade de São Paulo é violenta, suja, barulhenta e tantos outros adjetivos, mas tem uma quantidade imensa de áreas de lazer.
Quero mostrar o Parque Cidade de Toronto:


Onde fica:
Av. Cardeal Motta, 84 – City América / Pirituba
Subprefeitura: Pirituba/Jaraguá
Área: 109.100 m²
Funcionamento: diariamente das 6h às 18h
Fone: (11) 3834-2176

O parque tem churrasqueiras, quiosque, palco, aparelhos de ginástica, pista de Cooper, paraciclo, sanitários, playground com brinquedos típicos canadenses, quadras poliesportivas, lago, córrego e ponte de madeira sobre o lago e a várzea.





Vejam um pouco da história e algumas características do parque:

O parque foi o resultado do programa de intercâmbio profissional, criado em 1987 pelas prefeituras da cidade de São Paulo e de Toronto, no Canadá, e coordenado por SEMPLA, a área escolhida para implantação do Parque está situada junto à Rodovia dos Bandeirantes e atende vários bairros da região de Pirituba.



Remanescente do loteamento “City América”, os brejos e o lago constituem grande parte da área, que por isso apresenta uma fauna com morada e hábitos típicos desse ecossistema. Há registro de 87 espécies, sendo oito de peixes, a exemplo da tuvira e acará; três de anfíbios anuros, incluindo sapo-cururu, cururuzinho e a popular rã-cachorro, cujo canto lembra latidos de cães, daí seu nome. São 68 espécies de aves, onde frangos-d’água, martins-pescadores, socós, biguás, biguatingas, garças, irerês e frangos-d’água compõem as aves aquáticas. Anus, almas-de-gato, beija-flores, pica-paus, sanhaçus, sabiás, papa-moscas e pitiguaris fazem parte das aves que preferem áreas abertas e bosqueadas. Há registros surpreendentes como o do gavião-de-cabeça-cinza e as inusitadas aparições de flamingo-chileno, que por alguns dias descansa e se alimenta no lago. Além disso, foram observados exemplares de preá e furão.




Possui vegetação composta predominantemente por brejo, bosque com espécies que caracterizam a paisagem canadense, áreas ajardinadas, além de reflorestamento com espécies nativas de Mata Atlântica. Destacam-se maciços de capim-dos-pampas, copaíba, ingá-banana, ingá-bugio, ingá-doce, ipês (Handroanthus chrysotrichus, H. heptaphyllus e H. impetiginosus), quaresmeira, quaresmeirinha, liquidâmbar, paineira, pau-brasil, plátano-de-londres, suinã e tuia-do-canadá.